quarta-feira, 21 de março de 2007

Mangustão

c
Esta é uma fruta tão diferente, tão bonita, tão exótica, tão fotogénica, tão... que merece ser mostrada em separado dos restantes frutos.
Os três únicos mangustões que vi até hoje!

Considerada por muitos como a mais saborosa das frutas tropicais (confirmo, é muito boa... mas gostos não se discutem!), as duas únicas árvores existentes em S. Tomé estão na Roça Bombaim (está a ser tentada a sua plantação em outros locais, mas as exigências quanto ao clima (bastante quente e humido) e o curto período de viabilidade das suas sementes, não têm permitido a sua dispersão).
A "cerimónia" da abertura dum fruto!

Originária da Malásia (onde é considerada a rainha das frutas!) a árvore do mangustão chega a atingir 20 metros de altura, tem folhas inteiras ovaladas de cor avermelhada quando novas e verde oliva a verde claro quando adultas. Os frutos são arredondados e o seu interior contém polpa em forma de gomos brancos, facilmente destacáveis, podendo conter ou não uma semente em cada gomo.
Aberto o mangustão, conhecido também por mangostão, mangistin, mangostán (espanhol), manggis (inglês), a parte exterior, dura, parece uma caixa de jóias que se ajusta ao seu conteúdo.


Ir para o Índice.

16 comentários:

Anónimo disse...

Sem duvida um fruto muito fotogénico! Desconhecia-o, mas depois de aqui o ver já fui procurá-lo no Google! Parabéns, o blog está muito interessante. Vou continuar a visitá-lo. Fico portanto a aguardar novas postagens.
Papaia

Anónimo disse...

É realmente um fruto especalmente delicioso, tive o prazer de o provar vindo exprssamente de Timor trazido por um amigo. Gostava imenso de saber como se produz e se é possivel existir em Portugal e quando se semeia pois guardei as sementes do que comi.M. L.

Anónimo disse...

É um fruto bastante exótico mas muito,muito mesmo, saboroso.Dá gosto prová-lo e não dá vontade de parar de come-lo.
Informoque, do mesmo modo com que Malásios e outros povos vieram ao Brasil,de onde levaram sementes e udas de muitas espe´cies,aqui também se tem árvores de mangustão em plena produção. No PARÁ é onde mais já se as encontra.
As tais árvores lembram uma chamda bacuri que também tem um fruto semelhante e muito saboroso.
è vir ao barsil e " pagar pra ver" como em um jogo de Poker.Vale a pena!

Anónimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Anónimo disse...

Ao que parece, trata-se de um fruto com propriedades incriveis, enquanto antioxidante. Para além de se comer, existe muito recentemente em Portugal sob a forma de suco,embalado na Alemanha, e que garante, de acordo com indicações de investigadores, uma influência regeneradora extraordinária no organismo, dada a presença de multiplos elementos anti-oxidantes neste fruto. A recomendação anda nos 20 - 25ml (1 cálice pequeno) por dia, em jejum.
Para mais pormenores, contacte-me: hhmart@sapo.pt

Rednilson disse...

De fato é uma fruta espetacular. Realmente precisa de clima quente e quanto a umidade pode-se irrigar. Tenho duas arvoretas crescendo no meu quintal e estão indo muito bem, creio que daqui há uns 3anos frutificam. Quanto as regiões produtoras no Brasil o sul da Bahia, mais precisamente o município de Una produz frutos de melhor qualidade que as regiões do Pará onde chove com excesso e prejudicam os frutos causa estouro da casca do fruto. As sementes são recalcitrantes e têm que ser plantadas imediatamente após retiradas dos frutos além disso tem-se que retirar descascar cuidadosamente as sementes para que germinem rápido ( 10 à 15 dias )Por ser uma planta ultra tropical nenhum país da europa conseguirá produzir tais frutos pois a árvore morre com temperaturas abaixo de 10 graus.

Anónimo disse...

gostaria de saber se há possibilidade de conseguir mudas enxertadas da fruta! obrigada

Carlos Alberto disse...

Para além de fotogénico, delicioso, exótico... é realmente um fruto que segundo li contém xantonas, as quais têm propriedades antioxidantes e que podem contribuir em muito para a nossa saúde e bem estar!
Já é comercializado em Portugal sob a forma de sumo.
grcarlosgr@gmail.com

Anónimo disse...

EU COMI UMAS FRUTAS QUE MEU NAMORADO TROUXE DO PARÁ, E GOSTEI MUITO DO SEU SABOR. E REALMENTE DELICIOSO VALE A PENA EXPERIMENTAR.

Rosângela Maria Silva e Silva disse...

Sem dúvida ele é um fruto lindo de se ver e maravilhoso de se saborear; Gostaria que vocês acrescentassem no blog a foto da árvore que tem a capacidade de produzir fruto tão magnífico!
Rosângela Silva
Ilhéus/Ba - Brasil

Anunciação disse...

Por dentro parece um bacuri.

Anónimo disse...

È um fruto possível de se encontrar em Belém do Pará pois alguns japoneses tem uma plantação do fruto no interior do estado.Parece que se adapta ao enfervecente e exótico clima da sagrada região norte do Brasil.
Sem dúvida o fruto ESTUPENDO!!!!

tsunamy disse...

Depois de ver este blog, fui procurar mais e encontrei um blog que contem alguma informação extra, não sabia que tinha tantos benefícios esta fruta! Fantástico mesmo
http://beneficiosmangostao.blogspot.com

Continua a escrever

Luxa disse...

ENGRAÇADO!
VIVE LÁ TANTOS ANOS E DESCONHEÇO POR COMPLETO ESSE FRUTO
QUE PENA...
SEI QUE TINHA NO QUINTAL UM, NÃO ME LEMBRO DO NOME, QUE ERA ASIÁTICO MAS ESSE ERA TODO CASTANHO E PEQUENO - TIPO KIWI
PLANTAÇÃO DO PAI NO QUINTAL ASSIM COMO UMA ÁRVORE NO BAIRRO SALAZAR QUE NUMA ÉPOCA DO ANO FICAVA CARREGADA DE FLORES CÔR DE ROSA POR SINAL MUITO APRECIADA E ÁRVORE ESSA QUE FOI LEVADA DE TIMOR PELO PAI

Anónimo disse...

Boa noite espectacular blog , adorei mesmo muito, penso que poderiamos tornar-nos blog palls :) lol!
Aparte de piadas o meu nome é Paulo, e como tu escrevo na internet embora o tema do meu espaço é muito distinto deste....
Eu desenvolvo websites de poker sobre poker gratis sem arriscares o teu cash......
Gostei muito aquilo vi escrito nesta 2a visita
Virei aqui mais vezes
Ps:Peço desculpa pelo meu portugues ruim

Izidro Sousa disse...

São Tomé e Príncipe, apesar de pequeno é um país com uma grande variedade de fauna e flora. Isso dá origem, naturalmente, a um conjunto variado de sabores gastronómicos.
Para os que quiserem ter um cheirinho dos deliciosos pratos de São Tomé e Príncipe (o País do "Na Roça com os Tachos"), pode espreitar a secção desse país no site www.lusosabores.com