quarta-feira, 28 de março de 2007

Passeando pela cidade de S. Tomé - I

x Neste primeiro "Passeio" vou mostrar parte da cidade que fica junto ao mar. Em outro "Passeio" mostrarei o seu interior. Tomando a planta acima (edição da CST) iniciamos o passeio mostrando o Palácio dos Congressos visto da marginal em frente ao "Passante" (o Palácio situa-se na pequena baía do lado direito da planta)
De seguida, depois do "triângulo verde" (também do lado direito da planta), vemos o Hotel Miramar, um dos mais conhecidos e bem equipados da cidade e, logo de seguida, a sua esplanada - "O Passante" - local muito frequentado e onde "toda a gente" vem tomar um expresso (por sinal de uma conhecida marca portuguesa!)
Logo a seguir a esta esplanada situa-se a Embaixada de Portugal
Marginal, vendo-se à direita a pérgula sobre o mar e, ao longe, o já mostrado Palácio dos Congressos e o Casino (em construção) à esquerda.
A marginal, o mar e a praia em frente à nossa Embaixada. Em primeiro plano a pérgola e, ao fundo, quase não se vendo, o Monumento das Comemorações Henriquinas
O Monumento/Padrão acima referido
A seguir o Liceu Nacional, que fica junto ao Padrão
Um pouco mais à frente (na planta junto à palavra Oceano) está a Fortaleza de S. Sebastião (foto tirada durante a maré baixa) onde está instalado o Museu Nacional
O Porto e suas instalações (na planta fica no "bico" mais acima ) já na Baía de Ana ChavesOutra vista da Baía já a caminho do centro da cidade
Mais à frente o edifício da Companhia Santomense de Telecomunicações, onde estão também instalados os Correios Da marginal, vista para o Ilhéu das Cabras
Já muito próximo do centro um edifício público e, mais atrás, a CatedralO Palácio Presidencial
Quatro vistas, diurnas e quase nocturnas, do centro e da Praça da Independência
Praça da Independência - ao centro o Banco Central de STP e...
... do outro lado da Praça, o BISTP - Banco Internacional de S. Tomé e Príncipe
Na marginal, em frente à Feira do Ponto, fica este local de desembarque de peixe
Mais à frente, "já fora do mapa", este restaurante "em cima do mar" (na altura encerrado)
E ainda mais à frente esta vista. Sobre a estacaria um outro restaurante (penso que se chama "O Bigodes")
A terminar o passeio pela beira mar da cidade de S. Tomé, uma vista aérea da área residencial muito perto do aeroporto.


Ir para o Índice .

19 comentários:

Anónimo disse...

a frase mais ouvida em s. Tome " leve , leve " ou como diria um amigo nosso :" leve, leve , devagar , devagarinho , parado !"
o site esta a ficar muito bem ....esta a fazer um bem a São Tomé na divulgação deste site fantástico .....
vera barbosa

Anónimo disse...

S. Tomé está a ser um promissor destino turístico. Pelas belezas naturais e pela suas Gentes.
O meu cunhado (João Ribeiro) e toda a sua família viveram por lá muitas décadas. Ele explorava o maior armazém da Ilha. A viúva ainda hoje não se cansa de enaltecer as maravilhas daquelas paragens.
Boa ideia, Taborda. Parabéns.
Branquinho

jmpsoares disse...

Bom, Taborda, muitos parabéns pelo excelente trabalho.

Neste anos todos passados nunca tinha visto uma reportagem tão completa de São Tomé. Acho que deverias dar conhecimento do blogue à embaixada Santomense.

Na verdade é um blogue que enriquece a divulgação daquele pequeno paraíso africano.

Acredito que a maior parte das pessoas que nunca pisaram São Tomé, ficarão agradávelmente surpreendidas e com vontade de lá passar umas férias.

Essa teleobjectiva continua a fazer milagres. Abraço.

Joca

Anónimo disse...

Boa tarde, sou de S.tome mas neste momento encontro-me em Portugal a tirar o curso de comunicação e relações públicas...quero lhe desejar os parabéns pela reportagem, foi mt bem conseguida. Voce referiu locais que nunca conheci, e espero voltar brevemente ao meu país e poder conhecer muitos lugares que ainda n tive oportunidade de conhecer. Abraços.

Anónimo disse...

Oi!
Sou São Tomense e estou fora de à 4 anos(em Macau fazendo curso de Direito)e fiquei maravilhada com o teu blog me veio lagrimás aos olhos de tantas saudades de cada lugar por ti fotografado. Muito obrigada por teres atenuado as minhas saudades e obrigada pelo trabalho de divulgação que fazes com o teu maravilhoso blog. Viva São Tomé !!Viva os amigos de São Tomé
Bjs

ulcpolrid1 disse...

Ola!
Antes de mais, gostaria dar-lhe os meus parab�ns pro este exelente trabalho. j� estou fora do meu querido pa�s a cerca de 12 anos e confe�o que este foi o melhor trabalho que j� vi sobre S.Tom�!
de facto, este blog mostra bem e ajuda a divulgar a beleza incomparavel deste maravilhoso p�is. eu costumava dizer aos meus amigos de outras nacionalidades que o meu pa�s � " aben�oado por Deus e bensido pela natureza", e alguns duvidavam, mais depois de verem este blog, claro que ficaram convencidos.
Dispe�o-me dizendo: Viva S.tom� e viva a tdos santomenses. bjocas/abra�os

Anónimo disse...

Olá,
Eu vivi em S.Tomé quando muito criança (dos 2 aos 4 anos) e este ano vou regressar e passar lá as minhas férias. A única coisa que recordo são os sabores (a Jaca e o mamão são sem dúvida as mais fortes) e os cheiros (da terra do verde e da praia), tudo o resto é reavivado pelas fotografias (slides na altura) e filmes que agora tenho em DVD.
Espero que a minha casa ainda exista e espero poder revê-la..... estou muito entusiasmada e este site veio aumentar esse entusiasmo pelas fantásticas descrições que tem deste arquipélago fabuloso.
(foi excelente por exemplo ver o liceu de S.Tomé em fotos de hoje e comparar com as fotos que tenho do tempo em que lá vivi e quando a minha mãe lá dava aulas).
Conto voltar a este blog e contar o que senti e partilhar convosco o meu "retorno" à infancia.
Até lá muito obrigada ao autor do blog por este fantástico trabalho.
Xana

Fernando Cruz disse...

Estive em S. Tomé com a minha família de 1954 a 1961. Dos 18 aos 25 anos, por imposição de meu pai o conhecidíssimo naquelas paragens, RODRIGUES
(Estucador). Devo dizer que bendigo essa imposição, pois lá vivi os mais belos momentos da minha juventude. Lá aprendi a viver, lá dei valor às coisas simples da vida, como as relações humanas, a solidariedade devida aos outros e por fim lá me apaixonei p'la rapariga que povoou incessantemente os meus sonhos durante todos estes anos. Após 47 anos ainda sinto saudades desse tempo, dessa terra e de todos os que comigo, de perto ou mais longe, privaram. Um abraço de imensa saudade a todos e à terra que nos acolheu.

CARLOS GUTERRES disse...

Estive em s.tomé 7 meses vim de férias no natal e não voltei por ter sido enganado na empresa em que trabalhava.Tive realmente muita pena pelo facto de considerar o PAÍS DO MUNDO´mais acolhedor.Gente inigualável.É dificil descrever o quanto aquela gente se tornou importante para mim. Vou sospirar para sempre por esse País que é o PARAISO na imunda Terra.- Parabéns amigo pelo seu trabalho. S.TOMÉ necessita de gente como nós e não de aldraboens que se vão aproveitando de gente humilde. Obrigado S.TOMÉ por me teres partido o coração.

Anónimo disse...

é com enorme saudade e uma lágrimita rolando pelo meu rosto que revi fotos de uma terra onde fui tão feliz.Passados trinta e poucos anos ainda me revejo em todos esses maravilhosos lugares e tenho um único desejo de voltar um dia e fazer uma grande festa com todos esses amigos que por aí ficaram e mostrar á minha filhota a terra que me viu crescer e fez mulher.Obrigada meu amigo pela sua reportagem, dignifica bem o bom nome dessa maravilhosa terra.Fernanda Timóteo

Calisto Dinis disse...

Terra maravilhosa com um povo esplêndido, para mim, educado e afável. Gostei imenso de ter estado neste País onde há tanta coisa para fazer! Gostaria de ter colaborado mais, mas...
Quem sabe se um dia ainda voltarei a ser útil ao Povo santomense, que tanto necessita e bem merece...
Parabéns por este espaço e um abraço fraterno do tamanho do mundo.

Anónimo disse...

Vivi em S.Tomé desde que nasci até aos 14 anos. Obrigada pelas fotos. Ana

Luz Xavier disse...

Que saudades.Passados trinta e quatro anos, voltaria lá ,mas para ficar É MARAVILHOSO

heldmar disse...

Este País é belo...
Esta lindo este blogger.
Força mano, dê vida a este País.
A PAZ

Luxa disse...

Olá! vivi muitos anos em S. Tomé sendo descendente de timorenses.
Pois era a única família timorense que se encontrava na ilha sendo o pai o Oliveira.
Morei no bairro Salazar e ultimamente junto à escola primária, julgando eu que iria rever a minha CASA.....
Muito feliz me sinto ao rever parte da ilha, do qual conheço bem, e com muitas saudades tambem
Muito e muito obrigada!!

Anónimo disse...

olá
Ia para escrever o meu currículo para ir dar aulas para s tom~´e. Estava na dúvida. Acabei de ler o teu blogue. Vou tentar. Já tenho 68 anos mas nunca é tarde.OBG

Profª Clara disse...

Não sei porquê,ou talvez saiba... -pelo verde - de todos os países africanos o que sempre desejei visitar foi São Tomé. Hoje, ao visualizar este blog, tive a certeza, eu hei-de ir a São Tomé! Por agora fico-me pelas imagens...
Bem haja!

Anónimo disse...

nossa gente. to super emocionada.. eu sou de s.t.p mas vim pro brazil a muito pouco tempo e vendo esse bendito blog, nossa.. foi bom D+. nao vejo a hora de voltar pro meu maravilhoso e lindo país.. to morta de saudades. obrigada de coraçao viu.. amei o blog

JN disse...

País fascinante e onde tive o previlégio de viver/trabalhar durante quase 3 anos (1997 a 2000).
Gratas recordações onde me reencontrei e onde fui imensamente feliz.
Percorri de moto a ilha... de norte a sul e conheci os seus mais bocadinhos fascinantes.
Saudades de gente amiga k lá deixei... dos fins de tarde no Passante... dos gin's tónicos no Marlim...
Voltava já já já...
Mas tenho a certeza k hei-de voltar um dia...